segunda-feira, 21 de junho de 2010

.............................................................................. Um Instante

Como se minha vida dependesse do instante de um segundo.
Como se minhas forças restringissem a um som.
Como se minha voz fosse à única coisa que não ouvisse.
Entre tantas coisas ditas, sigo sem saber onde está minha razão.
Por que tanto te quero sem saber onde está?
Por que tanto te quero sem saber, se um dia saberei o porquê de tanto amor
Só não me deixe, minhas asas já estão abertas esperando você voltar
Só não me deixe, pois confesso
Confesso que me basta um sorriso para me ter novamente.
Me basta um instante? Sim... Confesso que minha vida depende de um instante, desde o instante em que te vi o instante em que deixei levar pelo sentimento que inebria meu corpo cada vez que te vejo, te sinto te penso. A meu amor o instante em que não está aqui se faz eternidade então Logo sei
Sim eu sei, minha vida depende de um instante Desde o instante em que disse que me amava.

BB. Freitas

4 comentários:

Karla Hack disse...

Belos versos..
Com um bom ritmo...
E uma linda mensagem!
;D

Jamile disse...

Adoreii! texto mt mt lindo!

..São os pequenos instantes que fazem da nossa vida uma grande aventura!

Wesley Lourenço disse...

gostei muito...mandou bem...parabéns..

Samara Santos disse...

Que lindo, complexo ao mesmo tempo.
*-*
adoreii.

Obrigada pela visita e pelo comentário. =)
desculpe pelo meu comentário, mas o texto é tão fascinante que fiquei sem palavras ^^

bjos ;*

Postar um comentário