quinta-feira, 23 de setembro de 2010

"O gênio é como a águia: quanto mais se eleva menos visível se torna, e vê castigada a sua grandeza pela solidão em que se lhe encontra a alma." (Jean Racine)

3 comentários:

Lucas Agra disse...

muito bonito mesmo. é o lado positivo de ser um gênio. poucos lhe entendem, poucos lhe acompanham.

Eduardo Succini Blogger disse...

Mas mesmo só, um dia ele se sentirá confortável, pois chegará o limite, entre terra e ceu e neste momento ele encontra os outros gênios que fizeram a mesma jornada, poetizada. E a solidão deixa de existir, pois o gênio encontrou seus Gênios... Edu

B. Freitas disse...

assim espero, longe da pretençãode me achar um gênio , mas vejo a vida com outros olhos que as vezes me distancia do cotidiano, me isolando ... espero achar outras almas solitárias kk

Postar um comentário